Maria Celeste Ventura Domingues Neto

sau26-Maria-Celeste-Neto

Maria Celeste Ventura Domingues Neto nasceu a 7 de Abril de 1935, em Seixo de Mira, uma das aldeias da Beira Litoral, no seio de uma família católica numerosa. Seus pais, Diamantino de Oliveira Ventura e Clarinda da Purificação de Jesus em muito contribuíram para a sua formação humana, académica e espiritual. Frequentou a Escola Primária do Seixo, tendo concluído o exame da 4a. Classe com “distinção” na Escola Primária de Mira em 1946. Durante a sua infância e juventude participou em muitas das actividades culturais locais, sobretudo do teatro, com tradição já centenária na aldeia do Seixo. Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra em 1960. Integrou o Coral de Letras de finais dos anos 50 até meados dos anos 60. Foi professora de inglês, português e alemão, sobretudo no 2.° Ciclo, de 1960 a finais de 1999, tendo feito o seu estágio pedagógico em Vila Nova de Poiares. Tem mantido, com alguma regularidade,  a actividade de explicadora, sobretudo sempre que alguma pessoa amiga a procura nesse sentido, retomando o ensino com o mesmo entusiasmo que há muito tempo atrás a levou a ser professora. Seus seis irmãos Carlos, João, Preciosa, Lídia, Luís e Lúcia sempre estiveram próximos em todas as circunstâncias, quer enquanto viveram todos em família, quer mais tarde durante os anos em que esteve casada com Gabriel Domingues Neto e sobretudo depois do seu falecimento. Do casamento nasceram dois filhos, a Paula e o Rui.