­
telefone
239 087 720
Carrinho vazio

apresentacao na livraria ferin em lisboa livro todos somos lazaro 4 de julho 2012No próximo dia 4 de Julho de 2012, quarta-feira, às 18:00 horas, realiza-se na Livraria Ferin, em Lisboa, a apresentação do livro "Todos somos Lázaro" de Pedro Barahona de Lemos. Usará da palavra, para nos falar sobre esta obra, o Eng. Luís Miguel Leite Pinto.
A Livraria Ferin situa-se na Rua Nova do Almada, 70-74 1249-098 Lisboa. Tel: 21 346 70 84 / 21 342 44 22. (Ver mais: http://ferin.pt/sala.html)

O Cristianismo evoluiu — e de que modo — desde a crucificação de Jesus até aos dias de hoje, já que aquilo que actualmente é praticado e que a Igreja defende, pouco ou nada tem a ver com o judaísmo de Jesus. O Cristianismo — não nos esqueçamos — é a única religião do mundo em que o seu padroeiro professava assim uma outra religião, em tudo distinta da actual. Jesus sempre foi judeu e não cristão.
Por outro lado, muitas das figuras do “Novo Testamento” foram reabilitadas, outras, pelo contrário, propositadamente esquecidas.
E o que dizer das muitas personalidades que nos são mostradas sob determinados nomes, mas que depois se veio a comprovar serem personagens diferentes das descritas e mencionadas nalguns casos, ou coincidentes com outras, apresentadas sob outra identificação? Qual o papel de Maria Madalena no “Novo Testamento” ou qual a sua influência no desenvolvimento e propagação dos ensinamentos de Jesus? Quem na realidade foi José de Arimateia? E porque motivo são omitidos pela Igreja os irmãos de Jesus? Quem na verdade foi Barrabás? E quem era Lázaro? Porque insiste a Igreja que Pedro foi o seu primeiro dirigente após a “morte” de Jesus, quando tal papel coube a Tiago, o Justo? Como é que é dito e sustentado que Pedro foi o primeiro Papa, quando o episcopado de Roma só aparece no século III?
Nos dias de hoje, os Católicos — e sê-lo-ão? — recusam-se de uma forma geral a abordar qualquer assunto que interfira com a sua fé. Porque para eles, sendo ela sagrada, representa a verdade absoluta e, como tal, inquestionável.
Este é um livro, sem dúvida actual, que apenas pretende despertar todos aqueles que continuam a acreditar apenas “no que lhes foi dito e ensinado” negando-se deste modo a olhar para dentro de si próprios.

Pedro Barahona de Lemos nasceu em Lisboa, onde exerce a profissão de Médico Ortopedista. Estudioso do Cristianismo primitivo, de Deus e de Jesus vê as suas ideias serem reconhecidas ao ser eleito como um dos 500 personagens marcantes do ano 2000, pela prestigiada associação americana "Global 500", depois de dois anos antes ter visto a sua bibliografia publicada pela "Who's who in the world".
Melómano - é um dos grandes entendidos em Beethoven - diversifica a sua vida entre a Medicina, a escrita, a música, a família e os netos, aos quais o une uma ligação muito forte de avô, conselheiro e contador infatigável de histórias.
Da vida, tem uma filosofia de desprendimento total, seguro como está, de que tudo aquilo que necessita se torna numa realidade, já que "a vida mais não é do que a preparação para algo de mais grandioso: a morte em si".
Em 2002 publica o seu primeiro romance, Os Sete Céus, onde a sua filosofia de vida é posta a nu, numa história simples, que dedica aos seus netos.
O Príncipe da Luz é o seu segundo livro, no qual aborda o Cristianismo Primitivo, os Gnósticos e, claro está, Jesus. Seguiu-se o romance Vidas Cruzadas, uma história baseada nas vidas de Jesus e de Apolónio de Tiana.
“Todos somos Lázaro”, leva-nos a entender o judaísmo de Jesus e, o modo como as suas prelecções foram ao longo dos tempos adulteradas consoante as conveniências de quem assim entendeu proceder. Porque quer se queira quer não, Jesus foi acima de tudo um judeu, que sempre defendeu a sua religião e, nunca um cristão, situação essa que só aparece depois da sua “crucificação”.

lancamento do livro eugenio de maria adelaide calado na casa da cultura de coimbraO lançamento do mais recente livro de Maria Adelaide Calado - “EUGÉNIO” - realiza-se no Salão Polivalente da Casa Municipal da Cultura de Coimbra, no próximo dia 25 de Junho 2012, segunda-feira, às 18:00 horas.
Para apresentar a obra, usará da palavra a Dra. Maria Filomena Félix.
O evento contará ainda com um momento musical, com a participação do jovem António Sanches que tocará ao piano algumas peças.
Será um prazer contar com a presença de todos os Amigos e público em geral interessado na obra da Autora.
(Maria Adelaide Calado tem uma obra repartida entre o romance, a crónica e a escrita pedagógica. Publica, com regularidade, crónicas de análise no Diário de Coimbra. Parte destas está já reunida em livro intitulado “Contra Marés” e publicado pela Palimage em 2009).

A Palimage está representada, com pavilhão próprio, na Feira do Livro de Coimbra 2012, no Parque Verde do Mondego. (Pavilhão 9).
No âmbito das realizações e animações várias promovidas ao longo do período da Feira do Livro, ocorrerá uma sessão de autógrafos no Auditório 2 da Feira, no dia 1 de junho de 2012, às 18:00 horas, com os seguintes autores que assinão os seus livros:
– João Rasteiro com o seu livro "O Búzio de Istambul" (Poesia)
– Margarida Sobral Neto com a sua mais recente obra "O Universo da Comunidade Rural" (História)
– Maria Adelaide Calado com "Contra Marés" – (Crónicas) conjunto de artigos publicadas periodicamente no Diário de Coimbra.
Convidamos todos os Amigos e público em geral a partilharem com os autores alguns momentos de convívio no Auditório 2 da Feira do Livro.

o cancioneiro musical de penha garcia apresentacao no porto biblioteca musical do portoNo próximo dia 9 de junho de 2012, sábado, às 16 horas, será apresentado o livro "O Cancioneiro Musical de Penha Garcia", de Flávio Pinho. O lançamento ocorrerá na Biblioteca Musical do Porto, na Rua Cândido dos Reis, n.º 117, no Porto. A apresentação estará a cargo do Dr. Manuel Rocha, director do Conservatório de Música de Coimbra e membro da Brigada Víctor Jara.
Biblioteca Musical do Porto - Rua de Cândido dos Reis, 117. 4050-152 Porto Telef: 222001435

apresentacao em sintra poesia reunida 1956 2011Na Biblioteca Municipal de Sintra - Casa Mantero, realiza-se a apresentação do livro "POESIA REUNIDA (1956-2011)" de Liberto Cruz. O evento terá lugar no dia 16 de maio de 2012, pelas 18:00 horas. A apresentação do autor estará a cargo de Helena Langrouva. A obra será apresentada por José Manuel Vasconcelos.
Casa Mantero – Biblioteca Municipal de Sintra – Rua Gomes de Amorim, n.º 12/14 2710-569 Sintra Tel. 21 923 61 90 / 21 923 61 70
"A poesia de Liberto Cruz:
Liberto Cruz, um dos nossos mais esclarecidos intelectuais, que tem dedicado a vida à crítica, à biografia, ao ensaio e à poesia, acaba de publicar "Poesia Reunida (1956-2011), um regalo para quem ama o sentido criador e inovador.Este homem discreto e modesto, estudioso e livre, procede a uma espécie de levantamento ético e estético de uma vida consagrada à liberdade, à humanidade e à procura incansável de uma verdade para o conhecimento e fruição da qual ele não desiste. Liberto Cruz é um escritor comprometido, no sentido mais nobre da expressão, e a simples leitura de qualquer dos seus poemas no-lo demonstra. Foi adido cultural em Paris, desenvolvendo uma actividade extremamente meritória, e ainda hoje, estão por esclarecer as razões (diz-se que políticas) porque foi substituído naquelas funções. A reunião dos seus poemas devolve-nos, na sua grandeza, um homem incomum pela verticalidade de espírito, e um poeta pessoalíssimo. A ler ou a revisitar, com atenta curiosidade".
Baptista-Bastos, Jornal de NEGÓCIOS de 20 de Abril 2012.

­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados