­
telefone
925 329 811 | 239 087 720
Carrinho vazio
Revista Oficina de Poesia n.º 5
Revista Oficina de Poesia
Género Poesia, fotografia
Ano 2005
ISSN 1645-3662
Idioma Português
Formato brochura | 148 páginas | 15 x 21 cm
6,36 €
5,09 €
desconto-20-por-cento.jpg
Descrição
Editorial

.regressa a palavra que se cria da sede //o poema impossível sonhado na pedra //o movimento que incorpora o incêndio na folha //o sopro de um corpo sem rosto// os sonhos de uma revista em lenta rotação //como pássaros que ainda resistem //como pedras vivas numa OFICINA de POESIA abrindo o espaço branco// a boca incompleta do soluço// sem pessimismo //nem exageros no optimismo do tronco// números e mais números em veios maduros// num ciclo que se renova// nem plenitude nem vazio// entre o fogo e a água// metáforas que reflectem sonhos outros //outras vozes nas feridas da carne //palavras// golfos permanentes //terra perfurada no dorso por// noites e noites entre vozes// número (5) intenso de leituras sob as margens //workshops em escolas de raízes// alguns livros ao vento// lembrando o linho vermelho// sobre o granito das palavras //sob a língua// o puro prazer de respirar// no anexo das vozes:(neste número da revista Oficina de Poesia, mais uma vez a diversidade é o objectivo do material publicado. Revelam-se, mais uma vez, novos poetas do curso livre "Oficina de Poesia" e do curso de "Poética e Escrita Criativa", dirigidos pela Doutora Graça Capinha, directora da revista. Novas vozes, novas escritas, novas reflexões, novos sentidos e sonhos, "vozes outras", fomentando a poesia como uma experiência na criação da humanidade e da comunidade. Nessas "vozes outras", alguns convidados, como o norte-americano Robert Creeley (recentemente desaparecido). No dizer da ensaísta norte-americana Marjorie Perloff, a par de John Ashbery, Creeley foi o maior poeta da sua geração, um poeta que esteve em Coimbra logo no Primeiro Encontro Interna-cional de Poetas, organizado pelo Grupo de Estudos Anglo-Americanos da Faculdade de Letras, em 1992. Emiliana Cruz, uma das poetas saídas do curso livre "Oficina de Poesia" prepara a sua tese de mestrado sobre este grande nome da poesia mundial, tendo também como projecto em curso a tradução dos Selected Poems,publicados ainda em vida do autor. Neste número contamos com um curto texto ensaístico e algumas destas traduções inéditas que Emiliana Cruz teve oportunidade de discutir e trabalhar em conjunto com Creeley, naquele que foi o último Verão na famosa casa do lago no estado do Maine.
Em tradução minha, trago também o colombiano Harold Alvarado Tenório, hoje uma das vozes mais singulares e refinadas da poesia contemporânea Colombiana e, actualmente, director da revista de poesia Arquitrave. Temos ainda, como nossos convidados, os portugueses Nuno Miguel Proença e Porfírio Al Brandão, os brasileiros Álvaro Alves de Faria e Júlia Machado, e, na imagem,Maria João Baginha e Filipe Cravo. De regresso, também os poemas de Emiliana Cruz e de Cristina Néry, que ousa uma re-escrita de Mariana Alcoforado, num monólogo encomendado para levar à cena.
O lapidar encantatório da pedra// ainda o poema inteiro e nu/temperado em OFICINA de POESIA no aroma do silêncio// na utopia seca da palavra //na saliva dos olhos //na respiração inicial//a poesia tomando posição// em função do acto de abrir fendas //mesmo se em pequena escala (Bernstein) // mastigando o enxofre dos buracos //os frutos espargindo// e sob o muro de bronze //o desejo anfíbio// "entre nós e as palavras, os emparedados// e entre nós e as palavras, o nosso dever falar" (Cesariny)// sobre o azul do azul // afirmo inteiro no eco //entre nós e a poesia, o nosso dever fazer //porque como nos ensina Duncan// "só existe o tempo único// só existe a promessa única //só existe a página única// o resto fica em cinzas"

João Rasteiro
­

Em caso de litígio, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra, com sítio em www.centrodearbitragemdecoimbra.com e sede em Av. Fernão Magalhães, Nº. 240, 1º, 3000-172 Coimbra
Este site utiliza cookies. Ao navegar neste site está a consentir a sua utilização. Consulte as condições de utilização e a nossa política de privacidade.
copyright 2016-2019 Palimage | Terra Ocre, Lda. | Portugal | Todos os direitos reservados